Discipulo De Mestre Bimba (Natiruts)

A capoeira que nasceu lá na Bahia Agradece ao pé da cruz a roda de todo dia Há muito tempo na praia de Amaralina Um negro mandingueiro cujo nome era Bimba Inventou a capoeira Iô, iô, iô, iô, vou ver seu Bimba lá no mar Iô, iô, iô, iô, quando o berimbau chamar Iô, iô, iô, iô, vamos todos se embalar Iô, iô, iô, iô, no toque da regional E a capoeira foi crescendo e se expandiu Hoje é filosofia de vida em todo o Brasil E o mais forte de tudo é a perseverança A esperteza e a malandragem Que só tem quem tem coragem E é discípulo de Bimba Iô, iô, iô, iô, vou ver seu Bimba lá no mar Iô, iô, iô, iô, quando o berimbau chamar Iô, iô, iô, iô, olha a mandinga e o mortal Iô, iô, iô, iô, chora Angola e Iuna Iô, iô, iô, iô, o capoeira sempre está